Iniciar sessão

Navegar para Cima
Instituto de Investigação
em Vulcanologia e Avaliação de Riscos
Última hora:



Mundo ► Fenómenos Naturais

Monte Merapi após a erupção freática (Foto: Antara/Aloysius Jarot Nugroho)
11-05-2018 16:00
Indonésia
Erupção freática no Monte Merapi

O vulcão mais ativo da Indonésia, o Monte Merapi, entrou em erupção esta manhã, dia 11 de maio por volta das 07h32 (hora local), emitindo uma coluna eruptiva de cinzas até cerca de 5,5 km de altura acima da cratera. Segundo o porta-voz da Agência para a Mitigação de Desastres da Indonésia (BNPB), a erupção freática foi acompanhada de rumores, e foi resultado da acumulação de água e o seu aquecimento sob a cratera do vulcão.
 
Os habitantes que vivem a menos de 5 km do vulcão viram-se obrigados a abandonar as suas casas e a permanecer em abrigos preparados para os deslocados, devido à queda de cinzas e de lapilli. Até ao momento, não há registo de vítimas.
 
A Agência para a Mitigação de Desastres informou ainda que o aeroporto da cidade vizinha Yogyakarta encerrou temporariamente devido à queda de cinzas, e que 120 alpinistas que se encontravam a subir o vulcão estão bem. O Parque Nacional do Monte Merapi fechou também todos os acessos ao vulcão.
 
O porta-voz do BNPB informou também que a sismicidade no Monte Merapi não sofreu nenhuma alteração e que a temperatura da cratera diminuiu, pelo que o nível de alerta do vulcão permanece normal (nível I). Aconselha ainda os habitantes a permanecerem calmos, sem pânico, e a usarem máscara de proteção quando realizarem atividades no exterior.


Fontes


Badan Nasional Penanggulangan Bencana (BNPB)
The Jakarta Post
The Independent
New Zealand Herald

Informação Relacionada


Imagens Adicionais


Anexos



Notícias Relacionadas


sexta-feira, 18 de Outubro de 2019
No passado dia 14 de outubro, o vulcão Monte Merapi, localizado na ilha de Java, entre as províncias de Java Central e Yogyakarta (Indonésia), entrou em erupção. O evento eruptivo teve uma duração de 270 segundos e caracterizou-se pela emissão de uma coluna eruptiva de cinzas que atingiu 3 km de altitude.   Segundo as autoridades, as cinzas progrediram para sudoeste, alcançando as aldeias de Ngargosoko, Mranggen, Srumbung, no ...