Iniciar sessão

Navegar para Cima
Instituto de Investigação
em Vulcanologia e Avaliação de Riscos

Açores ► Ciência

 
28-07-2023 08:40
S. Miguel
Investigadores do IVAR (Universidade dos Açores) e da Universidade de Palermo (Itália) quantificam o dióxido de carbono emitido em fumarolas da ilha de São Miguel

Investigadores do Instituto de Investigação em Vulcanologia e Avaliação de Riscos da Universidade dos Açores (IVAR) e da Universidade de Palermo (Itália) efetuaram recentemente trabalhos de campo nas fumarolas dos vulcões do Fogo e Furnas (São Miguel) com o objetivo de quantificar o fluxo de dióxido de carbono (CO2) destas áreas de desgaseificação.

 

Os trabalhos desenvolvidos estão integrados no Projeto de investigação MAGAT - “from MAGma to ATmosphere”, financiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT). Fátima Viveiros, do IVAR, esclareceu que esta é a primeira vez que se aplica esta metodologia aos campos fumarólicos da ilha de São Miguel e que a quantificação do CO2 nestas zonas de desgaseificação pode ter relevância quer em termos de monitorização vulcânica, quer do impacto e contribuição que as emissões podem ter para a atmosfera.

 

Para além dos trabalhos de campo, o Professor Alessandro Aiuppa da Universidade de Palermo (Itália) proferiu no dia 21 de julho nas instalações do IVAR uma palestra intitulada “The volcanic gas CO2/SO2 ratio: use and applications in Volcanology”. Nesta apresentação foram destacados alguns casos de estudo em que os parâmetros geoquímicos se mostraram de particular relevância como precursores de fenómenos vulcânicos.








Fontes


IVAR/CIVISA

Informação Relacionada


Imagens Adicionais


Anexos



Notícias Relacionadas