Iniciar sessão

Navegar para Cima
Instituto de Investigação
em Vulcanologia e Avaliação de Riscos
Última hora:



Mundo ► Fenómenos Naturais

Escoada lávica a destruir infra-estruturas em Bangaeira (Foto: Fogo News)
09-12-2014 11:15
Cabo Verde
Lava progride em direcção a Fernão Gomes

Depois de no dia 7 de Dezembro terem destruído, em apenas seis horas, o que restava de Portela e toda a localidade de Bangaeira, as escoadas lávicas formadas no dia 04 de Dezembro pelo Vulcão do Fogo continuam a avançar a uma velocidade de 10 m/min, numa frente de 300 metros, em direcção a Fernão Gomes, um casal desabitado do concelho de Mosteiros que serve de apoio a agricultores e pastores. As últimas informações indicam que a lava está 500 metros mais à frente da última casa de Bangaeira e a uma distância de cerca de 3 km de Fernão Gomes. As escoadas lávicas ameaçam ainda o perímetro florestal de Monte Velha que ocupa uma área de 900 hectares, e é coberta por espécies como acácia molíssima, eucaliptos, plantas endémicas e uma grande quantidade de pasto.

 

Segundo Aleida Monteiro, do Gabinete de Comunicação do Governo de Cabo Verde, a avaliação preliminar efectuada pelos técnicos da Proteção Civil revela que a frente de lava com 300 metros de largura, após ultrapassar Bangaeira, dividiu-se em dois ramos mais estreitos e com velocidade mais reduzida. A assessora cabo-verdiana adiantou ainda que algumas habitações localizadas na parte mais alta de Bangaeira não foram destruídas.

 

As autoridades temem agora que, dada à inclinação do terreno, a lava aumente de velocidade pondo em risco algumas localidades como Tinteira (concelho de Santa Catarina), Relva, Achada Grande e outras localidades mais próximas no concelho dos Mosteiros. A geóloga Sónia Silva da Universidade de Cabo Verde explica que, neste momento não é possível prever quanto à possibilidade das lavas atingirem Monte Velha, ou então localidades como Tinteira, Relva, Achada Grande e Corvo, situadas no nordeste da ilha. Adianta ainda que, de momento, as lavas ainda se encontram dentro da Chã das Caldeiras, a uma distância considerável de Fernão Gomes. A vulcanóloga considera que o mais importante é ter um plano de emergência, de modo a que se houver uma situação mais preocupante do avanço das lavas seja possível socorrer as populações atempadamente.

 

O Primeiro Ministro cabo-verdiano, José Maria Neves, confirmou que o agravar da situação do Vulcão do Fogo poderá obrigar a novas evacuações de outras localidades, aumentando o número de desalojados.

 

A parte central do planalto de Chã das Caldeiras está praticamente coberta de lava, que, em alguns pontos, atinge os oito metros de espessura. A única estrada de acesso a Portela e Bangaeira está obstruída. A monitorização da actividade eruptiva mantém-se pelas equipas que se encontram no terreno. O Governo cabo-verdiano decretou interdição total a Chã das Caldeiras.

 

Os investigadores do CVARG/CIVISA, Jeremias Cabral e Vera Alfama, naturais de Cabo Verde, encontram-se na ilha do Fogo para acompanhar a erupção, integrando as equipas da Protecção Civil e da Universidade de Cabo Verde. O CVARG/CIVISA encontra-se a acompanhar o desenvolvimento da actividade eruptiva.



Fontes


Fogo News
RTC
Expresso das Ilhas
A Sema
A Nação

Informação Relacionada


Imagens Adicionais


Anexos



Notícias Relacionadas


segunda-feira, 18 de Fevereiro de 2019
A investigadora Fátima Viveiros participou entre os dias 4 e 8 de fevereiro numa expedição científica à ilha do Fogo, em Cabo Verde, tendo como objetivo principal a caracterização das emissões fumarólicas existentes na cratera do Pico do Fogo e estabelecer comparações com outros campos fumarólicos da Macaronésia, nomeadamente com os Açores e Canárias.   O campo fumarólico, com temperaturas superiores a 300ºC, encontra-se no i...
quinta-feira, 22 de Junho de 2017
​Os investigadores Fátima Viveiros e Vittorio Zanon do Instituto de Investigação em Vulcanologia e Avaliação de Riscos (IVAR), em conjunto com o investigador francês Patrick Allard do Institut de Physique du Globe de Paris (IPGP), participaram numa missão científica às ilhas do Fogo (Cabo Verde) e Tenerife (Canárias, Espanha), entre os dias 12 e 21 de junho. As atividades desenvolvidas centraram-se essencialmente nos vulcões a...
sábado, 6 de Agosto de 2016
Uma equipa de investigadores/técnicos da Universidade de Cabo Verde (Uni-CV), do Instituto Vulcanológico das Canárias (INVOLCAN) e do Serviço Nacional da Proteção Civil (SNPC), e que inclui os colaboradores dos CVARG Vera Alfama e Jeremias Cabral, está na ilha Brava a realizar uma nova campanha de monitorização geoquímica de emissão difusa de dióxido de carbono (CO2) do sistema vulcânico insular de Brava, em particular nas loc...
quinta-feira, 4 de Agosto de 2016
​De acordo com o ministro da Administração Interna de Cabo Verde, Paulo Rocha, a atividade sísmica na ilha Brava tem vindo a diminuir significativamente, tendo-se registado apenas 22 eventos sísmicos na noite de 2 para 3 de agosto, contrariamente aos mil eventos da noite anterior (de 1 para 2 de agosto). No entanto o estado de alerta mantém-se. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica, desde terça-feira que o n...
quarta-feira, 3 de Agosto de 2016
Um aumento inesperado da atividade sísmica na ilha Brava, Cabo Verde, levou a que as autoridades tomassem medidas preventivas.   Na madrugada do dia 2 de agosto verificou-se um incremento da atividade sísmica na ilha Brava. Dos vários sismos registados, dois localizaram-se na ilha, entre as localidades de Cova Joana e Benfica, a cerca de 2 km de profundidade, e foram sentidos pela população.   Segundo declarações do Ministro d...
quarta-feira, 4 de Maio de 2016
Jeremias Cabral, estudante de doutoramento da Universidade dos Açores (UAc) na especialidade de Vulcanologia, e colaborador do Centro de Vulcanologia e Avaliação de Riscos Geológicos (CVARG), recebeu um louvor do Governo da República de Cabo Verde como “reconhecimento do mérito, dedicação, profissionalismo e empenho postos na prossecução do bem coletivo” aquando da erupção vulcânica ocorrida na ilha do Fogo, a 23 de novembro d...
segunda-feira, 5 de Outubro de 2015
Um estudo recentemente divulgado na revista Science Advances mostra que o flanco oriental do vulcão da ilha do Fogo, Cabo Verde, sofreu um colapso de grandes dimensões há cerca de 73 mil anos que desencadeou um tsunami com ondas de mais de 200 metros. A ocorrência de tal fenómeno está provada pela existência, a grandes altitudes, de blocos de basalto nas ilhas de Santiago e de Maio, localizadas respetivamente a cerca de 55 e a...
sexta-feira, 13 de Fevereiro de 2015
​De acordo com um comunicado divulgado ontem, dia 12 de Fevereiro, pela Universidade de Cabo Verde, a erupção do Vulcão do Fogo, iniciada a 23 de Novembro de 2014, terminou no dia 8 deste mês, após 77 dias de actividade. A equipa científica do Observatório Vulcanológico de Cabo Verde (OVCV) assegura que que há quatro dias que não se regista qualquer emissão de gases ou de produtos vulcânicos.   A erupção vulcânica, uma das trê...
terça-feira, 10 de Fevereiro de 2015
Após ter ocorrido novamente um episódio eruptivo mais intenso na tarde do dia 5 de Fevereiro, em que se verificou um aumento da actividade explosiva com emissão de gases e piroclastos, a erupção vulcânica na ilha do Fogo voltou a sofrer uma acalmia generalizada. De acordo com as declarações prestadas pela investigadora da Universidade de Cabo Verde (Uni-CV) Nadir Cardoso à Inforpress, nos últimos dias a situação tem-se mantido...
segunda-feira, 2 de Fevereiro de 2015
​A actividade vulcânica na ilha do Fogo (Cabo Verde) mantém-se, estando a frente lávica que se formou no dia 26 de Janeiro e que progride em direcção a Monte Beco e a Monte Saia ainda activa e com temperaturas da ordem dos 300 a 700 ºC. No entanto, avança muito lentamente, dificultando estimar a sua velocidade. Nadir Cardoso, investigadora da Universidade de Cabo Verde (Uni-CV), informou que não tem sido possível observar a em...
quarta-feira, 28 de Janeiro de 2015
No dia 26 de Janeiro, a erupção do Vulcão do Fogo (Cabo Verde), iniciada no passado dia 23 de Novembro, registou um novo incremento de actividade, voltando a emitir lava ao nível da base do cone vulcânico. Segundo Nadir Cardoso, investigadora da Universidade de Cabo Verde (Uni-CV), a escoada lávica avança em direcção a Monte Beco e a Monte Saia, sobre a lava emitida anteriormente, já solidificada. A investigadora informa ainda...
quarta-feira, 14 de Janeiro de 2015
​A erupção do Vulcão do Fogo (Cabo Verde), iniciada no dia 23 de Novembro de 2014, continua activa. Nos últimos dias assistiu-se novamente a um incremento da actividade explosiva e ontem, dia 13 de Janeiro, as explosões ocorriam de uma forma mais contínua e ritmada, emitindo gases e cinzas que formavam uma coluna eruptiva que se elevava até cerca de 1500 metros de altura acima da cratera e progredia preferencialmente para lest...
sexta-feira, 9 de Janeiro de 2015
Depois do ligeiro incremento registado nos dias 5 e 6 de Janeiro, em que ocorreu um aumento da actividade explosiva e na emissão de gases e de escoadas lávicas, a intensidade da actividade vulcânica na ilha do Fogo, Cabo Verde, voltou a diminuir consideravelmente. Na manhã do dia 8, a erupção apresentava-se significativamente mais calma, com redução da actividade explosiva e da quantidade de gases emitidos, bem como dos pirocl...
quarta-feira, 7 de Janeiro de 2015
​Nos últimos dias o Vulcão do Fogo, Cabo Verde, tem registado um incremento na actividade eruptiva. Na tarde do dia 5 de Janeiro, segunda-feira, o Vulcão do Fogo emitiu novamente lava e registou-se um incremento da emissão de gases e cinzas vulcânicas que formaram uma coluna eruptiva que atingiu cerca de 1500 metros de altura acima da cratera, sendo observável a partir da cidade de São Filipe. Em informações prestadas à Inforp...
sábado, 3 de Janeiro de 2015
​O Vulcão do Fogo continua em erupção, emitindo gases e piroclastos, mas sem emissão visível de lavas no foco eruptivo. Embora nos dias 30 e 31 de Dezembro se tenha registado um ligeiro incremento no tremor vulcânico, bem como na quantidade de gases emitidos, nomeadamente de dióxido de enxofre (SO2), a situação mantém-se estável nas últimas 24 horas, com libertação de gases e explosões esporádicas. Segundo a investigadora da U...
terça-feira, 30 de Dezembro de 2014
O Vulcão do Fogo continua a mostrar sinais de abrandamento da actividade. Nos últimos três dias verificou-se uma diminuição da emissão de gases e de escoadas lávicas, nem houve indicações da ocorrência de explosões ao nível do foco eruptivo.   A escoada lávica que destruiu praticamente o pequeno povoado de Ilhéu de Losna está estagnada em ambas as frentes, norte e sul. No que respeita à emissão de gases, as medições apontam pa...
sábado, 27 de Dezembro de 2014
A actividade eruptiva do Vulcão do Fogo, iniciada no passado dia 23 de Novembro, mantém-se, continuando a verificar-se a emissão de escoadas lávicas ao nível do foco eruptivo, explosões esporádicas e emissão de gases, embora em quantidade inferior às primeiras três semanas de erupção. Depois de destruir por completo as duas povoações principais de Chã das Caldeiras, Portela e Bangaeira, a lava destruiu  praticamente o peque...
quarta-feira, 24 de Dezembro de 2014
De acordo com as últimas informações, hoje de manhã, dia 24 de Dezembro, a frente lávica que avança pelo povoado de Ilhéu de Losna progredia lentamente a uma velocidade de cerca de 2 m/h, e por volta das 11:30 encostou-se à última casa que se encontrava intacta, a Casa Matilde. A investigadora da Universidade de Cabo Verde Nadir Cardoso informou que durante a permanência em Chã das Caldeiras era visível que ocorria grande libe...
terça-feira, 23 de Dezembro de 2014
​De acordo com as últimas informações, a frente lávica que avança pelo povoado de Ilhéu de Losna já destruiu quase todas as habitações, restando às 08:00  de terça-feira, dia 23 de Dezembro, apenas uma casa situada a uma cota mais elevada, disse Nadir Cardoso, investigadora que integra a equipa da Universidade de Cabo Verde que está a acompanhar a actividade vulcânica do Vulcão do Fogo iniciada no passado dia 23 de Novembro. E...
segunda-feira, 22 de Dezembro de 2014
​O Vulcão do Fogo continua em actividade, emitindo escoadas lávicas. O pequeno povoado de Ilhéu de Losna, situado junto à Bordeira entre Cova Tina e Portela e composto por pouco mais de uma dezena de casas e funcos, está quase a ser destruído na sua totalidade pela lava. Em declarações prestadas à Inforpress, a equipa da Universidade de Cabo Verde que se encontra a acompanhar a erupção, informou que até cerca das 08:00 de segu...
domingo, 21 de Dezembro de 2014
Segundo o Presidente do Serviço Nacional de Protecção Civil e Bombeiros (SNPCB) de Cabo Verde, Arlindo Lima, a frente de lava que se dirige de Monte Saia para Ilhéu de Losna continua a avançar, mas de forma mais lenta do que no sábado, dia 20 de Dezembro. Esta escoada lávica continua activa e, no sábado, ramificou-se em duas frentes, tendo destruído a estrada em dois pontos na zona de Ilhéu de Losna, além de destruir por compl...
sábado, 20 de Dezembro de 2014
O Vulcão do Fogo continua em actividade, emitindo escoadas lávicas. Segundo o Presidente do Serviço Nacional de Protecção Civil e Bombeiros (SNPCB) de Cabo Verde, Arlindo Lima, a frente de lava que se dirige de Monte Saia para Ilhéu de Losna destruiu na noite de sexta-feira, dia 19 de Dezembro, a adega de Eduíno Lopes, filial da cooperativa “Sodade”, cortou a estrada alternativa entre Cova Tina e Portela e destruiu uma vasta á...
sexta-feira, 19 de Dezembro de 2014
​A actividade eruptiva do Vulcão do Fogo, iniciada no passado dia 23 de Novembro, mantém-se com uma taxa de efusão lávica reduzida, com explosões muito esporádicas e com baixa emissão de gases e cinzas. A lava tem estado a avançar lentamente por tubos lávicos criados nas escoadas lávicas anteriores.   Segundo Vera Alfama, investigadora do CVARG/CIVISA que integra a equipa da Universidade de Cabo Verde, hoje, dia 19 de Dezembro...
quinta-feira, 18 de Dezembro de 2014
A actividade eruptiva do Vulcão do Fogo, iniciada no passado dia 23 de Novembro, mantém-se com uma taxa de efusão lávica reduzida, com explosões muito esporádicas e com baixa emissão de gases e cinzas. A lava tem estado a avançar lentamente por tubos lávicos criados nas escoadas lávicas anteriores. Segundo Vera Alfama, investigadora do CVARG/CIVISA que integra a equipa da Universidade de Cabo Verde, ontem, dia 17 de Dezembr...
quarta-feira, 17 de Dezembro de 2014
​A actividade eruptiva do Vulcão do Fogo, iniciada no passado dia 23 de Novembro, mantém-se com uma taxa de efusão lávica reduzida, com explosões muito esporádicas e com baixa emissão de gases e cinzas. A lava tem estado a avançar lentamente por tubos lávicos criados nas escoadas lávicas anteriores, tendo-se formado duas novas frentes no dia 14 de Dezembro. Uma dirigiu-se para Cova Tina, destruindo terrenos agrícolas, e a outr...
terça-feira, 16 de Dezembro de 2014
A actividade eruptiva do Vulcão do Fogo, iniciada no passado dia 23 de Novembro, mantém-se estável, emitindo gases e cinzas, com explosões esporádicas e baixas taxas de efusão das escoadas lávicas. Até ao momento, não houve nenhuma actualização sobre os avanços das frentes de lava formadas na madrugada do dia 14 de Dezembro.   A Transportadora Aérea Cabo-verdiana (TACV) mantém suspensos todos os voos com destino a São Filipe (...
segunda-feira, 15 de Dezembro de 2014
​A actividade eruptiva do Vulcão do Fogo, iniciada no passado dia 23 de Novembro, mantém-se, emitindo gases e cinzas, com explosões esporádicas e baixas taxas de efusão das escoadas lávicas. No entanto, após um período de cinco dias mais calmo, na madrugada de domingo, dia 14 de Dezembro, a erupção sofreu um ligeiro incremento. As últimas informações indicam que em Portela, uma frente de lava reactivou-se, acabando por destrui...
domingo, 14 de Dezembro de 2014
A actividade eruptiva do vulcão do Fogo, iniciada no passado dia 23 de Novembro, mantém-se estável pelo quinto dia consecutivo. Aleida Monteiro, coordenadora do Gabinete de Comunicação do Governo cabo-verdiano, informou que a actividade permanece calma. A emissão de gases é quase nula e a frente de lava está praticamente estagnada há cinco dias a pouco mais de 600 metros de Bangaeira, povoação que, tal como Portela, foi destru...
sábado, 13 de Dezembro de 2014
A actividade vulcânica da ilha do Fogo, iniciada no passado dia 23 de Novembro, continua estável. Segundo Sónia Silva, geóloga da Universidade de Cabo Verde, durante o dia de ontem, 12 de Dezembro, a coluna eruptiva atingiu menores altitudes que as verificadas nos dias anteriores, e a explosividade era também menor. A frente de lava está praticamente estagnada a cerca de 600 metros mais à frente de Bangaeira, localidade que, à...
sexta-feira, 12 de Dezembro de 2014
A actividade vulcânica da ilha do Fogo, iniciada no passado dia 23 de Novembro, continua estável. Segundo o repórter Waldemar Pires da Rádiotelevisão Caboverdiana, ontem, dia 11 de Dezembro, verificou-se um ligeiro aumento de actividade, mas em nada comparada com os incrementos ocorridos nos dias anteriores.   As autoridades cabo-verdianas estão preparadas para o pior cenário, embora nada indicie agravamento ou fim da activida...
quinta-feira, 11 de Dezembro de 2014
​Segundo um comunicado divulgado ontem à tarde, dia 10 de Dezembro, pelo Gabinete de Comunicação do Governo de Cabo Verde, a emissão de gases e cinzas da erupção do Vulcão do Fogo está a regredir, registando-se também uma diminuição da taxa de efusão das lavas, cujo avanço no terreno foi ontem pouco significativo. A meio da tarde, a frente de lava localizava-se a 600 metros mais à frente de Bangaeira, localidade que, à semelha...
quarta-feira, 10 de Dezembro de 2014
As últimas informações sobre a erupção do Vulcão do Fogo dão conta que a actividade continua, libertando quantidades significativas de gases e cinzas, embora esteja mais calma. Em declarações prestadas à agência Lusa, Manuel Cabral, do Gabinete de Comunicação e Imagem do Governo de Cabo Verde, a lava que há três dias destruiu o que restava de Portela e toda a localidade de Bangaeira avançou 50 metros nas últimas 24 horas, situ...
segunda-feira, 8 de Dezembro de 2014
As últimas informações sobre a erupção do Vulcão do Fogo (Cabo Verde), iniciada no passado dia 23 de Novembro, indicam que a nova frente de lava formada na passada quinta-feira, dia 4, já destruiu as localidades de Portela e de Bangaeira. Segundo os especialistas da Universidade de Cabo Verde, a escoada lávica, mais fluida avança a uma velocidade de 20-30 m/h. O Governo cabo-verdiano decretou então interdição total à Chã. ...
domingo, 7 de Dezembro de 2014
No dia 6 de Dezembro, por volta das 18:00 (hora local), a erupção vulcânica na ilha do Fogo intensificou-se e a nova frente de lava mais fluida formada na passada quinta-feira, dia 4, avançou rapidamente a uma velocidade de cerca de 30 m/h e atingiu novamente a localidade de Portela, destruindo agora as igrejas católica e adventista, as traseiras e a parte da frente da Adega Cooperativa de Chã das Caldeiras, o polidesportivo l...
sábado, 6 de Dezembro de 2014
A actividade vulcânica na ilha do Fogo continua, verificando-se a libertação de gases e alguns episódios explosivos. A nova frente de lava formada na quinta-feira, dia 4 de Dezembro, continua a progredir lentamente em direcção a Portela, cuja parte norte já foi destruída pela escoada lávica emitida nos dias anteriores. Segundo o responsável máximo da Proteção Civil cabo-verdiana no terreno, Jair Rodrigues, o vulcão mantém uma ...
sexta-feira, 5 de Dezembro de 2014
As últimas informações indicam que a actividade do Vulcão do Fogo se mantém, com libertação de gases e alguns episódios explosivos, e que ontem de manhã, dia 4 de Dezembro, se abriu uma nova frente de lava que caminha em direcção à localidade de Portela, paralelamente à escoada formada nos dias anteriores. A geóloga Sónia Silva da Universidade de Cabo Verde explica que esta escoada lávica está a ser emitida a partir da base do...
quinta-feira, 4 de Dezembro de 2014
Os últimos dados disponíveis sobre a erupção do Vulcão do Fogo (Cabo Verde), iniciada no passado dia 23 de Novembro, indicam que a actividade se mantém. Segundo o coordenador das operações do Serviço Nacional de Protecção Civil (SNPC) de Cabo Verde, Nuno Oliveira, o vulcão continua a emitir escoadas lávicas, mas a frente que atingiu a localidade de Portela mantém-se praticamente estagnada há mais de 24 horas. A lava encontra-s...
quarta-feira, 3 de Dezembro de 2014
Após o incremento de actividade do dia 2 de Dezembro, as escoadas lávicas emitidas pelo Vulcão do Fogo continuam activas, mas a progredir a uma velocidade menor, de cerca de 1 m/h segundo Sónia Silva, presidente da comissão técnica e científica do Observatório Vulcanológico de Cabo Verde (OVCV). A lava encontra-se agora a avançar em direcção às igrejas católica e adventista e está a menos de 50 metros da Adega Cooperativa. No ...
terça-feira, 2 de Dezembro de 2014
​Os últimos dados referentes à erupção do Vulcão do Fogo indicam que no seguimento do incremento de actividade verificado na madrugada desta terça-feira, dia 2 de Dezembro, mais de 50 casas já foram destruídas pelo avanço das escoadas lávicas sobre Portela. O lado norte da localidade encontra-se totalmente coberto, e as lavas  que progridem a uma velocidade de 9 m/h encontram-se agora a cerca de 30 metros das igrejas católica ...
terça-feira, 2 de Dezembro de 2014
Na madrugada de terça-feira, dia 2 de Dezembro, a erupção vulcânica que se iniciou no passado dia 23 de Novembro no Vulcão do Fogo voltou a intensificar-se. As escoadas lávicas que progrediam em direcção ao centro da localidade de Portela e que se encontravam praticamente estagnadas há cerca de 24 horas, voltaram a ser reactivadas e progrediram a uma velocidade de 2 metros a cada 12 minutos, destruindo a Escola Básica Integrad...
segunda-feira, 1 de Dezembro de 2014
Após no dia 30 de Novembro se ter verificado um incremento de actividade no Vulcão do Fogo, com as escoadas lávicas a avançarem a uma velocidade de 20 m/h em direcção a Portela e terem destruído a sede do Parque Natural do Fogo, a actividade vulcânica voltou a diminuir de intensidade ainda no final daquele mesmo dia. As escoadas lávicas continuam activas e a progredir, mas a uma velocidade menor. No entanto, algumas agências n...
domingo, 30 de Novembro de 2014
Na madrugada de domingo, dia 30 de Novembro, a erupção vulcânica que se iniciou no passado dia 23 de Novembro no Vulcão do Fogo voltou a intensificar-se. O ramo de escoada lávica que se dirige para a Portela, que se encontrava praticamente estagnado há cerca de 48 horas, voltou a ser alimentado e recomeçou a avançar a uma velocidade de 20 m/h, numa extensão de 100 a 150 metros de largura, em direcção à sede do Parque Natural, ...
sábado, 29 de Novembro de 2014
A actividade vulcânica que se iniciou no passado dia 23 de Novembro no Vulcão do Fogo continua intensa, maioritariamente explosiva, embora se continue a verificar o abrandamento das escoadas lávicas. Dados do Instituto Nacional de Gestão do Território (INGT) mostram que as lavas já cobriram cerca de 400 hectares de solo, 26 dos quais de área agrícola, e 1620 metros de estrada. O ramo de escoada lávica que progrediu para sul...
sexta-feira, 28 de Novembro de 2014
​No passado dia 27 de Novembro, a actividade vulcânica do Vulcão do Fogo voltou a intensificar-se, formando novamente um ramo de escoada lávica que progrediu para sul em direcção a Cova Tina. A escoada lávica que atingiu a localidade de Portela abrandou, estando agora a menos de 10 metros do Hotel Pedra Brabo e a 60 metros da Escola Básica Integrada.   Segundo a geóloga da Universidade de Cabo Verde, Sónia Silva, na tarde do d...
quinta-feira, 27 de Novembro de 2014
​Embora com uma velocidade mais lenta, de cerca de 2 a 8 m/h, as escoadas lávicas emitidas no decurso da erupção do Vulcão do Fogo, continuam a avançar e no dia 26 de Novembro atingiram a localidade de Portela, destruindo  15 habitações, 14 cisternas, 15 currais e duas casas de apoio à agricultura. As lavas estão agora a cerca de 30 metros do Hotel Pedra Brabo e a 60 metros da Escola Básica Integrada que se encontram no centro...
quarta-feira, 26 de Novembro de 2014
Os últimos dados disponíveis sobre a erupção do Vulcão do Fogo (Cabo Verde), iniciada no passado dia 23 de Novembro, indicam que a actividade se mantém. A actividade eruptiva desenvolveu-se ao longo de uma fissura localizada no flanco sudeste do centro eruptivo da erupção de 1995. Ao longo desta fissura surgiram vários focos eruptivos a partir dos quais estão a ser emitidos escoadas lávicas, piroclastos de queda, cinzas e gase...
segunda-feira, 24 de Novembro de 2014
​A erupção do vulcão da ilha do Fogo (Cabo Verde), iniciada no passado dia 23 de Novembro, já provocou avultados prejuízos naquela ilha. Várias habitações, estradas e terrenos agrícolas já foram atingidos pelo avanço das escoadas lávicas e pela emissão de vários materiais piroclásticos provenientes do Vulcão do Fogo. Um dos casos que tem merecido uma atenção redobrada pelas autoridades locais é a sede do Parque Nacional da ilh...
segunda-feira, 9 de Abril de 2012
​A rede de vigilância geofísica do Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica (INMG) tem vindo a registar um incremento da actividade sísmica na ilha de Santo Antão em Cabo Verde. Um elevado número de eventos sísmicos tem ocorrido tanto no interior da ilha como na zona litoral de Santo Antão, mas devido à sua baixa magnitude (magnitudes inferiores a 2 graus na escala de Richter) até ao momento, na sua maioria, não têm sido...