Iniciar sessão

Navegar para Cima
Instituto de Investigação
em Vulcanologia e Avaliação de Riscos
Última hora:
  • Ilhas do grupo Ocidental em alerta amarelo referente a precipitação e trovoada (SRPCBA/IPMA)



Açores ► Fenómenos Naturais

Caldeira da Ilha Graciosa
22-03-2012 20:00
Graciosa
Crise sísmica a SW da ilha Graciosa mantém características tectónicas

Os resultados da missão geológica realizada à Graciosa entre os dias 18 e 20 de Março permitem concluir que a crise sísmica que se desenvolve a SW da ilha desde o início do mês mantém características tectónicas, não se tendo detectado quaisquer sinais de natureza vulcânica. Os trabalhos envolveram a observação de arribas, a amostragem de gases e a recolha de águas.

 

O levantamento da arriba compreendeu o troço entre Porto Afonso e a Baía do Filipe, na costa sul e sueste da ilha, e permitiu cartografar alguns deslizamentos de terras. O de maior dimensão fica localizado a cerca de 500 metros a leste da Ponta Branca e envolveu o escorregamento de escórias e pedra pomes que formaram um pequeno depósito de vertente na base da arriba. A encosta, no local, encontra-se ainda muito instável, continuando a cair algum material, incluindo blocos, cinzas e poeiras. Assim, não se confirmaram as observações que apontavam para a existência de fumarolas, correspondendo as mesmas a nuvens de poeiras levantadas pela acção dos ventos.

 

A análise de gases libertados quer ao nível da fumarola da Furna do Enxofre, quer de forma difusa através dos solos, também não revelou alterações significativas relativamente aos valores de referência. O fluxo de dióxido de carbono e a temperatura do solo no interior da Furna do Enxofre estão dentro dos intervalos observados desde 2003. Também a desgaseificação através dos solos na zona da Ribeirinha e da Serra Branca se pode considerar normal. Os raros pontos onde se observou libertação de dióxido de carbono evidenciam concentrações abaixo dos 10% , tendo ficado identificados como locais de referência a considerar em futuras campanhas.

 

Entretanto decorre a análise laboratorial das águas amostradas, tendo os parâmetros físico-químicos medidos no campo revelado, igualmente, valores normais.

 

Não obstante o referido, o CIVISA continua a acompanhar a actividade sísmica que ainda se mantém acima dos níveis de referência. Neste contexto, continua a desaconselhar a circulação de pessoas no topo da arriba ou ao longo do calhau, entre Porto Afonso e a Baía do Filipe. Adicionalmente, considera que a visitação à Furna do Enxofre se deve manter condicionada face à possibilidade de desprendimento de material rochoso dos tectos da cavidade.​

 

A missão geológica à ilha Graciosa contou com o apoio do Serviço Regional de Protecção Civil e Bombeiros dos Açores, da Câmara Municipal de Santa Cruz da Graciosa, dos Bombeiros Viluntários da ilha Graciosa e da Capitania do Porto de Angra do Heroísmo



Fontes


CIVISA

Informação Relacionada


Imagens Adicionais


Anexos



Notícias Relacionadas