Iniciar sessão

Navegar para Cima
Instituto de Investigação
em Vulcanologia e Avaliação de Riscos
Última hora:



Mundo ► Fenómenos Naturais

Cheias provocadas pela passagem do ciclone Idai (Foto: onumocambique/Twitter in O Observador)
25-03-2019 11:30
África
Número de vítimas mortais provocadas pelo ciclone Idai sobe para 761 mortos nos três países afetados

O balanço mais recente dos números relacionados com a passagem do ciclone Idai no sul de África é de 446 mortos em Moçambique, 259 mortos no Zimbabwe e 56 mortos no Malawi. O ministro da Terra e do Ambiente moçambicano, Celso Correia, sublinhou que estes números são provisórios, uma vez que à medida que o nível da água vai descendo, vão aparecendo mais corpos.


O número de pessoas afetadas em Moçambique subiu para 794000. Os centros de acolhimento continuem a encher, registando-se já 128941 entradas, das quais 6500 dizem respeito a pessoas vulneráveis, como por exemplo, idosos e grávidas que recebem assistência particular.


Idai afetou pelo menos 2,8 milhões de pessoas nos três países africanos e a área submersa em Moçambique é de cerca de 1300 km2, segundo estimativas de organizações internacionais.
A cidade da Beira, no centro litoral de Moçambique, foi uma das mais afetadas pelo ciclone, na noite de 14 de março.



Fontes


Expresso
TVI24

Informação Relacionada


Imagens Adicionais


Anexos



Notícias Relacionadas


terça-feira, 30 de Abril de 2019
​O balanço mais recente do número de mortos relacionados com a passagem do ciclone Kenneth e consequentes inundações aponta para 38 e ainda 39 feridos, aponta o governo moçambicano esta segunda-feira. De acordo com o Asociated Press, o ciclone que continua a provocar chuvas fortes e inundações, e que não deverá parar nos próximos dias, está a dificultar os esforços para a entrega de bens alimentares e criação de abrigos. Segu...
segunda-feira, 29 de Abril de 2019
Este domingo, equipas de resgate mobilizam-se para ajudar a população atingida pelo rápido aumento dos níveis das águas na cidade de Pemba, no norte de Moçambique, causado pela passagem do ciclone Kenneth. A tempestade atingiu a província de Cabo Delgado na quinta-feira, causando a morte a 5 pessoas, e desde então atingiu uma área propensa a inundações e movimentos de vertente. Teme-se que o nível das águas dos rios conti...
segunda-feira, 18 de Março de 2019
Os países do sul de África foram atingidos pelo que é possivelmente o ciclone mais mortal já registado na área. O ciclone Idai causou pelo menos 150 mortos e afetou mais de 1,5 milhão de pessoas. O ciclone atingiu Moçambique em primeiro lugar na noite de quinta-feira, com a cidade da Beira e as suas aldeias circundantes a serem as áreas mais afetadas. A Cruz Vermelha afirma que mais de 90% daquela cidade ficou destruída. O cic...
sexta-feira, 15 de Março de 2019
As chuvas torrenciais que afetaram nos últimos dias Moçambique causaram inundações nas províncias de Tete e do Zambeze, segundo o Gabinete das Nações Unidas para a Coordenação de Assuntos Humanitários.   Segundo a porta voz do governo moçambicano, Ana Comoana, há a registar pelo menos 66 mortos, 111 feridos e a destruição de mais de 6000 casas. A mesma avançou que foram abertos 16 centros nas duas províncias afetadas para acol...