Iniciar sessão

Navegar para Cima
Instituto de Investigação
em Vulcanologia e Avaliação de Riscos
Última hora:



Mundo ► Fenómenos Naturais

Monte Santa Helena (Foto: Smithsonian Institute, Global Volcanism Program)
10-05-2016 16:25
Estados Unidos da América
Enxame sísmico no Monte Santa Helena

Desde o dia 14 de março que se tem vindo a registar sismos (enxame sísmico) de baixa magnitude sob o Monte Santa Helena nos Estados Unidos da América, caso que leva os investigadores a acreditar que está a ocorrer outra fase de recarga de magma no sistema. Os sismos localizam-se a baixas profundidades, entre 2 a 7 km sob a cratera, variando a magnitude entre 0 a 3 na escala de Richter.
 
De acordo com o United States Geological Survey (USGS), até ao momento já se registaram mais de 130 sismos, e a frequência mostra uma tendência crescente de quase 40 sismos por semana. Os sismos são de origem vulcano-tectónica, indicativos de deslocamento numa falha de dimensões reduzidas. São eventos comuns em sistemas hidrotermais e magmáticos. Vulcanólogos e sismólogos do USGS interpretam a área vertical onde estes sismos ocorrem como uma zona onde uma pequena quantidade de magma tem vindo a ascender para a câmara magmática, pressionando e fraturando as rochas encaixantes.
 
O enxame sísmico atual é semelhante a outros que vêm ocorrendo no vulcão desde 1988. A maioria dos enxames sísmicos, não só no Monte Santa Helena, mas em quase todos os vulcões, não são seguidos de erupção, ou pelo menos, não imediatamente. No caso deste vulcão, o enxame sísmico que ocorreu entre 1998 e 1999 precedeu a pequena erupção efusiva durante o período 2004-2008.
 
Por enquanto, o USGS mantém o nível de alerta do vulcão verde (normal), uma vez que o incremento da atividade sísmica ainda não justifica um aumento no alerta. Para além da sismicidade, nenhuma outra técnica de monitorização mostra variações; por enquanto ainda não foram detetadas emissões anómalas de gases, ou deformação crustal (empolamento do edifício vulcânico).
 
O vulcão com cerca de 2 549 metros de altura, localizado no estado de Washington, exibiu uma violenta erupção em 1980, quando o flanco norte do vulcão colapsou após um sismo de magnitude 5, acabando por matar cerca de 57 pessoas, e provocar inúmeros incêndios florestais, inundações e danos generalizados.
 


Fontes


USGS
Volcano Discovery
RSOE EDIS
The Oregonian

Informação Relacionada


Imagens Adicionais


Anexos



Notícias Relacionadas


terça-feira, 13 de Dezembro de 2016
No final de novembro foram registados, em menos de uma semana, quatro enxames sísmicos com mais de 120 sismos no Vulcão Santa Helena. Os eventos foram todos de baixa magnitude, a maioria inferior a 0,5, e localizados a cerca de 3-6 km de profundidade. Não há registo de nenhum evento sentido pela população.   Segundo os cientistas do Cascades Volcano Observatory do United States Geological Survey (USGS), esta atividade sísmica ...
sexta-feira, 4 de Novembro de 2016
​O Monte Santa Helena, o mais ativo vulcão que faz parte do Arco das Cascatas, no noroeste dos E.U.A, e que em 1980 foi responsável pela erupção mais violenta e mortal na história do país, está a causar agora um mistério para os cientistas.   Um estudo publicado na revista Nature Communications por investigadores americanos sugere que o seu interior é relativamente frio e que o calor proveniente do vulcão está vindo de outro l...