Iniciar sessão

Navegar para Cima
Instituto de Investigação
em Vulcanologia e Avaliação de Riscos
Última hora:



Mundo ► Fenómenos Naturais

Cascatas de lava a fluir  para dentro do lago de lava principal (Foto: Jason Sehorn)
28-03-2016 11:30
República Democrática do Congo
Atividade intra-cratera no vulcão Nyiragongo mantém-se constante

​Continua a atividade no vulcão Nyiragongo na República Democrática do Congo. A atividade na nova boca eruptiva, essencialmente efusiva, formada no extremo NE da cratera contígua ao lago de lava, mantém-se constante, embora com algumas alterações.


O Observatório Vulcânico de Goma (OVG) publicou recentemente os resultados do trabalho de campo efetuado na cratera do vulcão entre 10 e 11 de março. Ao que tudo indica, a corrente atividade a partir das duas bocas eruptivas dentro da cratera está confinada àquela área e não há migração lateral do magma, isto é, o risco de ocorrer uma erupção nos flancos num futuro próximo é muito baixo. Acrescenta ainda para que as aldeias vizinhas não se preocupem muito com esta atividade intra-catera, pelo menos até haver mudanças significativas.


As medições distantes de alta precisão disponíveis não apontam nenhuma deformação significativa do edifício vulcânico após a abertura da nova boca eruptiva no final do mês de fevereiro, apenas uma modesta extensão de 17 mm na direção NW-SE, medida entre dois pontos fixos no bordo da cratera de 7 de fevereiro a 2 de março. Além disso, não foi registado nenhum aumento de temperatura no interior das muitas fissuras na cratera e nos flancos do vulcão.


Quanto à atividade na nova boca eruptiva, e segundo os vulcanólogos do OVG, o que se observou entre 10 e 11 de março, consistiu em fontes de lava pulsantes, explosões estrombolianas, com algumas dezenas de metros de altura e abundantes fluxos de lava que começaram por contornar o poço central, que contém o lago de lava principal, cobrindo a maior parte da plataforma inferior. A 11 de março, a lava proveniente da segunda boca eruptiva, começou pela primeira vez a entrar em cascata para o lago de lava principal.


Apesar de não haver imagens dos últimos dias disponíveis, é provável que esta atividade continue, apenas com pequenas alterações. As imagens de satélite mostram uma zona mais ampla de calor na zona da cratera.



Fontes


RSOE EDIS

Informação Relacionada


Imagens Adicionais


Anexos



Notícias Relacionadas