Iniciar sessão

Navegar para Cima
Instituto de Investigação
em Vulcanologia e Avaliação de Riscos
Última hora:



Mundo ► Fenómenos Naturais

Foto: EFE
09-10-2015 11:35
Equador
Vulcão Cotopaxi – Atualização

​O vulcão Cotopaxi localizado no Equador voltou na madrugada do dia 3 deste mês a registar uma nova fase eruptiva. O vulcão que começou a sua erupção em agosto deste ano, depois de 138 anos adormecido, emitiu uma coluna de cinzas com cerca de 2 km de altura acima da cratera.

O Ministério de Coodernação e Segurança do Equador preveniu a população, na medida em que essas cinzas podem vir a cair nas vizinhanças da localidade de Quito.

Entre 21 de setembro e 1 de outubro o vulcão, que é considerado um dos mais perigosos do mundo, registou uma baixa atividade superficial, durante a qual se observou apenas emissão de gases. A partir da noite do dia 2 deste mês observou-se uma incandescência ao nível da cratera e desde a madrugada do dia 3 que se observam emissões pontuais de cinzas. De acordo com o Instituto Geofísico (IG) da Escuela Politécnica Nacional (IGEPN), a incandescência observada resulta dos gases a elevada temperatura, no entanto pode também indicar que o magma continua a ascender e que a erupção pode passar a magmática, significando que podem ocorrer pequenas a moderadas explosões, com ejeção de blocos incandescentes, acompanhados de novas emissões de cinzas. 

A partir do dia 5 a emissão de cinzas tem-se tornado contínua, registando-se assim a queda deste material nos flancos ocidental e norte do vulcão. Associado a esta ocorrência, verificou-se um aumento da atividade sísmica e uma diminuição de eventos vulcano-tectónicos, e a nível de desgaseificação, o incremento da taxa de CO2.

Durante um voo realizado no dia 2 foram observados quatro lahars secundários, limitados à área do Parque Nacional Cotopaxi. Estes lahars estão associados à precipitação nas zonas mais altas do vulcão e ao degelo glaciar. 

O governo declarou estado de emergência no mês de Agosto, época em que foi necessário realizar-se exercícios de evacuação com a população. De acordo com as autoridades, cerca de 325 mil pessoas podem ser afetadas pela erupção, se esta causar movimentos de vertentes e avalanches. 


Fontes


RSOE EDIS
IGEPN
VolcanoDiscovery
Telesurtv

Informação Relacionada


Imagens Adicionais


Anexos



Notícias Relacionadas


quarta-feira, 18 de Maio de 2016
​Um sismo de magnitude 6,7 atingiu, na madrugada do dia de hoje, 18 de maio, a região ocidental do Equador, a mesma região que foi fortemente afetada pelo sismo destruidor no mês passado. De acordo com o USGS (United States Geological Survey), o sismo ocorreu às 02:57 hora local (07:57 hora UTC), localizou-se a 34 km a WNW de Rosa Zarate, 35 km a ESE de Muisne e a 56 km a S de Propicia, a cerca de 32,4 km de profundidade.   ...
domingo, 17 de Abril de 2016
Um sismo de magnitude 7,8 atingiu ontem, dia 16 de abril, a região de Muisne, no Equador, uma região costeira, pouco povoada caracterizada pelos seus pequenos portos. De acordo com o United States Geological Survey (USGS), o sismo ocorreu às 18:58 hora local (23:58 hora UTC), localizou-se a cerca de 27 km a SSE de Muisne, 52 km a W de Rosa Zarate e a 68 km a SSW de Propicia no Equador, a cerca de 19,2 km de profundidade. Até a...
segunda-feira, 3 de Fevereiro de 2014
O vulcão Tungurahua, situado no Equador, na região da Cordilheira dos Andes, voltou a entrar em erupção no passado Sábado, dia 1 de Fevereiro, segundo informação do Instituto Geofísico da Escola Politécnica Nacional. Desde o dia 30 de Janeiro o vulcão apresentava indícios de actividade, tendo sido emitido um alerta laranja pela Secretaria Nacional de Gestão de Risco (SNGR) do Equador. A Associated Press informa que ocorreram d...
segunda-feira, 15 de Julho de 2013
​O Vulcão Tungurahua, localizado no Equador, na região da Cordilheira dos Andes, voltou a entrar em erupção no passado dia 14 de Julho. Segundo o Instituto Geofísico da Escola Politécnica Nacional do Equador, desde o dia 13 de Julho que a atividade sísmica aumentou exponencialmente, tendo-se registado 266 eventos nos dias 13 e 14 de Julho, culminando com uma explosão de grande intensidade que gerou um forte ruído escutado a ce...
terça-feira, 18 de Dezembro de 2012
​Nos últimos dias, o Vulcão Tungurahua, localizado na parte central do Equador, tem mostrado um incremento na actividade vulcânica. De acordo com os especialistas, têm-se registado alguns episódios eruptivos explosivos com formação de uma pluma eruptiva até 2 km acima da cratera. Informam ainda que, desde o início de Dezembro, o edifício vulcânico tem registado sinais de empolamento, provavelmente relacionado com uma intrusão ...
sábado, 3 de Março de 2012
​De acordo com o Instituto Geofísico da Escola Politécnica Nacional do Equador, o vulcão Tungurahua registou uma nova erupção na semana passada, entre 22 e 28 de Fevereiro. Ao longo desta fase eruptiva foram observadas colunas de vapor e cinzas, com cerca de 1-2 km de altura acima do cume do vulcão, que se dispersaram para o quadrante W atingindo algumas localidades a vários quilómetros de distância. No dia 24 de Fevereiro oco...
sexta-feira, 17 de Fevereiro de 2012
​O vulcão Reventador, um dos mais activos do Equador, voltou a entrar em erupção no passado dia 10 de Fevereiro. Segundo o Instituto Geofísico da Escola Politécnica Nacional do Equador, imagens de satélite adquiridas no final da semana passada detectaram uma anomalia térmica sobre a cratera deste vulcão. Esta informação veio a ser confirmada pelo Volcanic Ash Advisory Center de Washington que, com base em observações de piloto...
domingo, 5 de Fevereiro de 2012
​O Vulcão Tungurahua, localizado no Equador, na região da Cordilheira dos Andes, voltou a entrar em erupção no passado sábado, dia 4 de Fevereiro, segundo informação do Instituto Geofísico da Escola Politécnica Nacional. Desde a madrugada de sábado que se tem registado tremor sísmico constante, tendo ocorrido uma explosão de intensidade moderada que gerou, durante cinco minutos, um forte ruído escutado a cerca de 14 km do vulc...
quarta-feira, 30 de Novembro de 2011
Situado na Cordilheira Real dos Andes Equatorianos, a 178 km de Quito (capital do Equador), o vulcão Tungurahura entrou em erupção na manhã de ontem. A coluna eruptiva que se gerou atingiu os 3 km acima do cume do vulcão e o material incandescente (piroclastos) expelidos atingiram os 300 metros acima da cratera.   Apesar da zona em redor do vulcão ser pouco povoada, as autoridades competentes estão a proceder à evacuação de c...