Iniciar sessão

Navegar para Cima
Instituto de Investigação
em Vulcanologia e Avaliação de Riscos
Última hora:



Mundo ► Fenómenos Naturais

Camarões (Imagem: Google Maps)
02-07-2015 12:00
República dos Camarões
Inundações nos Camarões provocam vítimas e danos

A forte precipitação que se tem registado na capital económica dos Camarões, Douala, já causou pelo menos 4 mortos, destruiu casas e negócios de milhares de pessoas, e pelo menos 2000 desalojados. Estima-se que mais de 30000 pessoas tenham sido afectadas. Os estragos incluem ainda o corte de energia eléctrica e automóveis e motociclos destruídos. As autoridades governamentais estimam prejuízos da ordem dos milhões de dólares.
 
Segundo um engenheiro de planeamento urbano da Direcção Nacional de Meteorologia em Douala, Philippe Édimo, este tipo de fenómeno, chuvas tropicais originando inundações, está a tornar-se mais frequente no sudoeste dos Camarões, bem como noutros países com litoral para o Golfo da Guiné. Com efeito, nos últimos anos tem-se verificado um incremento na quantidade de precipitação anual em Douala. Dados do Departamento Nacional de Meteorologia (DMN) mostram que entre 1906 e 1965 a média da precipitação anual era de 3000 milímetros de chuva por ano, aumentando para 3200 milímetros em 1989 e para 3800 milímetros em 2010. Em 2014 decaiu para 3080 milímetros.
 
De acordo com os dados do Centro de Investigação sobre Epidemiologia de Eventos de Emergência de Desastres (EM-DAT), entre 1998 e 2006 cerca de 4200 pessoas foram afectadas pelas inundações na República dos Camarões. Em 2007, mais de 10000 pessoas foram afectadas, em 2008, 25000 e, em 2012, quase 52000.


Fontes


RSOE-EDIS

Informação Relacionada


Imagens Adicionais


Anexos



Notícias Relacionadas