Iniciar sessão

Navegar para Cima
Instituto de Investigação
em Vulcanologia e Avaliação de Riscos
Última hora:



Resumo


 

Na ilha do Faial individualizam-se as seguintes unidades vulcanológicas, da mais recente para a mais antiga:

  

Idade
Unidade Vulcanológica
Descrição
????
Formação do Capelo
Corresponde à formação mais recente e inclui os produtos vulcânicos gerados na sequência do vulcanismo fissural desenvolvido no Sistema Vulcânico Fissural do Capelo. Integra escoadas lávicas e piroclastos basálticos e ainda tufos hidromagmáticos.
>11.000 - <100.000 anos
Formação do Almoxarife
Os produtos vulcânicos da formação do Almoxarife situam-se estratigraficamente entre os grupos Inferior e Superior do Complexo Vulcânico dos Cedros. Correspondem ao vulcanismo fissural responsável pela formação da Plataforma da Horta. Esta unidade é formada predominantemente por escoadas lávicas e piroclastos basálticos (s.l.) e de tufos hidromagmáticos.
< 16.000 anos
Complexo Vulcânico dos Cedros
Grupo Superior
Inclui a actividade eruptiva mais recente do Vulcão Caldeira, registada nos últimos 16.000 anos, caracterizadas por erupções explosivas e depósitos pomíticos. Estes produtos vulcânicos cobrem toda a ilha com excepção da península do Capelo, e correspondem principalmente a depósitos de piroclastos de queda e/ou fluxo.
16.000 anos a >410.000 anos
Complexo Vulcânico dos Cedros
Grupo Inferior
Engloba os produtos vulcânicos mais antigos com origem no Vulcão da Caldeira correspondentes a uma actividade vulcânica de natureza basáltica a benmoreítica. Ocasionalmente registou-se actividade eruptiva traquítica representada pelos domos do Castelo Branco e do Altar.
< 800 000 anos
Complexo Vulcânico da Ribeirinha
 O Complexo Vulcânico da Ribeirinha engloba os produtos vulcânicos emitidos pelo Vulcão da Ribeirinha. Compreende os produtos vulcânicos mais antigos da ilha do Faial. É constituído por escoadas lávicas de natureza basáltica a benmoreítica, alguns depósitos de escórias pouco significativos em termos volumétricos e alguns depósitos pomíticos.

 

Bibliografia Recomendada


MADEIRA, J. (1998) – Estudos de neotectónica nas ilhas do Faial, Pico e S. Jorge: uma contribuição para o conhecimento geodinâmico da junção tripla dos Açores. Tese de Doutoramento no ramo de Geologia, especialidade em Geodinâmica Interna. Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, 428 p.

PACHECO, J. (2001) – Processos associados ao desenvolvimento de erupções vulcânicas hidromagmáticas explosivas na ilha do Faial e sua interpretação numa perspectiva de avaliação do hazard e minimização do risco. Tese de doutoramento no ramo de Geologia, especialidade de Vulcanologia. Universidade dos açores, Departamento de Geociências, 330 p.

SERRALHEIRO, A., MATOS ALVES, C.A., FORJAZ, V.H. e RODRIGUES, B. (1989) – Carta Vulcanológica dos Açores – ilha do Faial à escala 1:15000. Edição do Serviço Regional de Protecção Civil, Universidade dos Açores e Centro de Vulcanologia do INIC, 4 folhas.

ZBYSZEWSKI, G., ALMEIDA, F. M., FERREIRA, O. V., ASSUNÇÃO, C. V. (1959) – Carta Geológica de Portugal na escala 1:25000. Notícia explicativa da folha Faial (Açores). Serviços Geológicos de Portugal. Lisboa, 25 p.